AS Notícias Online
HOME POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE GERAL EVENTOS EMPREGOS AGENDA VÍDEOS CONTATO
Boa madrugada - Itabira, sexta, 23 de agosto de 2019  

GERAL
Agência Nacional de Águas não descarta que lama atinja rio São Francisco
Chuva dos últimos dias pode fazer com que os rejeitos da barragem de Brumadinho atinja a hidrelétrica de Três Marias 08/02/2019



 
Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Agência Nacional das Águas não descarta chegada da lama no rio São Francisco
Agência Nacional das Águas não descarta chegada da lama no rio São Francisco
PUBLICADO EM 07/02/19 - 16h13

A água com rejeitos do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), avançou pouco mais de 130 quilômetrose está a cerca de 200 quilômetros do reservatório da Usina Hidrelétrica de Três Marias. A informação consta de nota divulgada hoje (7) pela Agência Nacional de Águas (ANA), que diz ainda não haver certeza se os rejeitos chegarão ao rio São Francisco, onde está o reservatório de Três Marias.

"Ainda não é possível afirmar, neste momento, as consequências que advirão ou que os rejeitos provenientes do rompimento da barragem irão atingir o reservatório de Três Marias e impactar usuários de recursos hídricos localizados no rio São Francisco", diz a nota.

No texto, a ANA informa que o mapeamento do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) mostra que o ponto mais a jusante do Rio Paraopeba, onde foram identificadas alterações do parâmetro turbidez, se localiza no município de São José da Varginha (MG). O local se encontra a cerca de 200 quilômetros do início do reservatório da Usina Hidrelétrica Três Marias.

 


 

 

E-mail: contato@regionaldigital.com.br

REGIONAL DIGITAL 2019. Todos os Direitos Reservados.
REGIONAL DIGITAL
INFORMAÇÃO DE QUALIDADE!
Desenvolvedor: SITE OURO