AS Notícias Online
HOME POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE GERAL EVENTOS EMPREGOS AGENDA VÍDEOS CONTATO
Boa madrugada - Itabira, sexta, 16 de novembro de 2018  

POLÍCIA
Bandidos tentam explodir caixa eletrônico e matam moradora em Frutal
Durante a fuga, os suspeitos tentaram roubar o carro de uma mulher e atiraram contra ela que foi socorrida, mas morreu 08/11/2018

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 08/11/18 - 07h35

Pelo menos 15 criminosos fortemente armados e encapuzados tentaram explodir caixas eletrônicos de duas agências, provocaram terror e mataram uma comerciante em Frutal, no Triângulo Mineiro. A mulher estava em casa e foi morta durante a fuga dos criminosos que roubaram seu carro. Uma outra adolescente de 17 anos foi vítima de bala perdida na madrugada. 

Dois suspeitos morreram e dois foram presos pela polícia. Segundo a Polícia Militar (PM), os bandidos chegaram as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica no centro da cidade, por volta de 1h40, e quebraram os vidros das agências, mas não chegaram a explodir os caixas eletrônicos porque a PM chegou ao local rápido e impediu o crime. 

"A ação da polícia foi rápida e precisa. Todas as cidades de Minas estão preparadas para fazer frente a atuação desses marginais. Estamos 24 horas com condições de uma pronta resposta em relação a esses crimes. Na madrugada lançamos esse efetivo para fazer frente a essa situação.Temos uma equipe de contenção que evitou o crime", informou o coronel Lúpercio Peres, comandante da 5ª Região da Polícia Militar. 

Ainda de acordo com a polícia, eram pelo menos quinze suspeitos armados com metralhadoras  utilizando, pelo menos, sete veículos, sendo uma Hilux preta, outra Hilux branca, um Gol Prata, um Fiat Strada, um Astra Prata, um Fiat Toro branco e uma Saveiro branca. Um dos veículos tinha placa do Paraná. 

Alguns carros fugiram em alta velocidade pela BR-153. Com os suspeitos que morreram a PM apreendeu duas metralhadoras .40., além de outras armas. Três carros foram apreendidos. Um deles estava cheio de explosivos. Ele foi abandonado em frente a agência. Um outro carro foi apreendido depois que os criminosos sofreram um acidente durante a fuga. 

Dois suspeitos foram presos na cidade de Planura, na mesma região. Um deles foi detido após dar entrada em um hospital por ter sido ferido durante a troca de tiros com a polícia. Ele disse ser de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. O outro suspeito preso foi detido em rastreamento na Zona Rural da cidade. 

"Alguns desses marginais foram socorridos pelos comparsas e estamos em contato com os hospitais para efeturamos mais prisões. É de praste desses marginais não portarem identificação justamente para dificultar o trabalho da polícia", relata o coronel. 

Militares de toda a região do Triângulo Mineiro estão dando apoio nas buscas pelos suspeitos. A Polícia Militar de São Paulo também foi avisada pelo crime para caso os criminosos fugirem para o local. Nada foi levado das agências bancárias. 

"Estamos com um cerco montado e viaturas no encalço desses criminosos. Esperamos efetuar ainda mais prisões desses bandidos", concluiu o coronel. 

Comerciante da cidade foi acordada pelos criminosos e morta 

Foi durante a fuga, há dois quarteirões do crime, que os suspeitos roubraram o carro da comerciante Claudineia Aparecida da Silva, 42 anos. Ela estava dormindo e foi acordada por um chamado dos criminosos que bateram na casa dela, onde também funciona sua loja de roupas.

Segundo a polícia, ao sair para atender a porta, ainda com sono, Claudineia foi surpreendida por cinco suspeitos encapuzados e armados. Muito agressivos, eles pediram as chaves do carro e depois atiraram contra uma porta de vidro e contra a comerciante.

"Infelizmente tivemos a morte dessa civil. Ela não estava em meio a tiroteios, na verdade foram os criminosos que atiraram contra ela na fuga", explicou o coronel. 

Claudineia foi ferida no peito e chegou a ser socorrida para o hospital por familiares. O Hospital Frei Gabriel para onde ela foi levada informou que ela teve um choque hemorrágico e também teve uma parada cardiorespiratória não resistindo aos ferimentos. 

A adolescente ferida foi baleada na perna e atendida também no Hospital Frei Gabriel onde foi atendida. A bala foi retirada de sua perna e logo após o procedimento a menina fugiu do hospital. Ela teria sido vítima de bala perdida durante o tiroteio. 

Serviços na cidade amanheceram fechados 

Por causa do medo dos moradores, a Prefeitura Municipal de Frutal, interrompeu alguns serviços pela manhã desta quinta-feira. As escolas municipais da cidade não tiveram aulas pela manhã e a tarde também não haverá aula. 

Os demais serviços da prefeitura foram suspensos até o meio-dia quando serão retomados. Exceto a saúde, nada mais funcionou pela manhã. As lojas da cidade também não funcionaram. Alguns estabelecimentos foram atingidos pelos tiros. 

A assessora de imprensa e moradora de Frutal, Gardênia Ribeiro, de 40 anos, contou que foram vividos momentos de terror pelos moradores. "Nós ouvimos muitos tiros e ficamos com medo sem saber se os criminosos ainda estavam por aqui. Era de madrugada então dormir foi bem difícil", contou a moradora.

Ela também lamentou a morte da comerciante. "Ela tinha uma loja de roupas, era uma pessoa muito alegre e muito extrovertida. É lamentável essa morte. Os criminosos não tiveram piedade", lamentou Gardênia. 

Comerciante viu os criminosos

Um comerciante da cidade de 37 anos, que prefere não se identificar, contou que começou a escutar barulhos que achou que fossem fogos de artifício. Ele tinha acabado de fechar a pizzaria que trabalha quando começaram os barulhos. Ao ver um vizinho na rua, o comerciante resolveu conversar com ele. 

"Quando eu fui atravessar a rua eu fui surpreendido com um laser no meu corpo e outro vizinho me mandou abaixar, foi o que eu fiz. Foi um susto muito grande, mas graças a Deus não atiraram", contou.  

Frutal tem cerca de 53468 segundo o último senso do IBGE. 

Resumo da ação:

- Cerca de 15 criminosos atacaram duas agências

- Pelo menos sete carros foram usados na ação

- Três pessoas mortas, dois suspeitos e uma comerciante. 

- Uma adolescente de 17 anos baleada

- Dois suspeitos presos, um deles ficou ferido.

O que dizem os bancos:

Devido à intervenção policial, a tentativa de arrombamento aos terminais foi sem sucesso. No momento a agência encontra-se fechada, sem previsão de reabertura, visto que o acesso ao prédio ainda não foi liberado. A polícia apura a situação, pois é possível que haja explosivos no local, que estão sendo retirados pelo esquadrão responsável.

O Banco do Brasil oferece canais de atendimento alternativos, como: Banco Postal, nos Correios; Correspondentes Bancários (Coban); portal BB na internet (www.bb.com.br); aplicativo mobile e Central de atendimento, através do telefone 4004-0001 em capitais ou 0800 729 0001 em demais cidades do país, além de toda rede de agências físicas.

A Caixa esclarece que informações sobre eventos criminosos em suas unidades são repassadas exclusivamente às autoridades policiais. O banco ressalta que está contribuindo com as investigações da polícia. Informa ainda que a agência Frutal está atualmente fechada para manutenção e os clientes poderão ser atendidos nas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui da região.

 Atualizada às 13h25

 
 

 

O que achou deste artigo?
2
4
6
8
 

 


 

 

E-mail: contato@regionaldigital.com.br

REGIONAL DIGITAL 2018. Todos os Direitos Reservados.
REGIONAL DIGITAL
INFORMAÇÃO DE QUALIDADE!
Desenvolvedor: SITE OURO