AS Notícias Online
HOME POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE GERAL EVENTOS EMPREGOS AGENDA VÍDEOS CONTATO
Boa madrugada - Itabira, quinta, 23 de maio de 2019  

POLÍCIA
Coordenadora pedagógica é mineira e foi a primeira a ser atingida
Marilene Umezu foi quem recebeu os dois autores dos tiros 14/03/2019

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Marilene Umezu foi uma das primeiras a ser morta
Marilene Umezu foi uma das primeiras a ser morta
PUBLICADO EM 13/03/19 - 16h48
A coordenadora da Escola Estadual Professor Raul Brasil, Marilene Ferreira Umezu, é uma das vítimas do massacre desta quarta-feira (13) que deixou dez pessoas mortas em Suzano, na região metropolitana de São Paulo. Ela é mineira de Ubá, na Zona da Mata. A informação foi confirmada à reportagem pelo prefeito da cidade, Edson Teixeira Filho.

A coordenadora, segundo a polícia, foi uma das primeiras a serem mortas. Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, responsáveis pelo crime, foram recebidos pela coordenadora, conforme o secretário de segurança de São Paulo, João Camilo Pires de Campos. A mineira foi a primeira a ser atingida. A polícia ainda investiga se os assassinos chegaram encapuzados.

Conforme publicação da BBC, Marilena era defensora dos "livros como melhor arma para salvar o cidadão". Além de coordenadora pedagógica, a profissional também lecionava filosofia para o Ensino Médio. Nas redes sociais, a educadora costumava compartilhar fotos abraçados às duas netas. A vítima descrevia as meninas como "meus presentes" e minhas princesas". 

Nota de pesar

O prefeito Edson Teixeira Filho divulgou uma nota de pesar e se colocou à disposição da família da coordenadora. Confira: 

A comunidade ubaense se associa à dor de todos os que, num misto de perplexidade e solidariedade humana, foram atingidos direta e indiretamente pela tragédia ocorrida na manhã de hoje na Escola Pública Raul Brasil, em Suzano-SP.

Ainda abalados com o impacto desse triste episódio, chega-nos a notícia que Marilena Ferreira Vieira Umezu, coordenadora pedagógica da escola e vítima no atentado, era oriunda de nossa cidade, onde ainda residem parentes próximos seus, a quem a Prefeitura se coloca à disposição para a ajuda necessária nesse momento de tamanha dor.

Vítimas

A polícia paulista divulgou o nome dos mortos do ataque a tiros à escola de Suzano, Escola Estadual Raul Brasil. São cinco alunos, duas funcionárias, um dono de locadora e os dois atiradores.

Veja os nomes das vítimas:

Funcionárias
Marilena Umezu - coordenadora da escola
Eliana Regina de Oliveira Xavier - funcionária do Colégio

Jovens
Kaio Lucas da Costa Limeira 
Clayton Antonio Ribeiro
Caio Oliveira
Samuel Melquiades Silva de Oliveira
Douglas Murilo Celestino 

Na locadora de carro
Jorge Antonio Moraes

 

Os atiradores são ex-alunos da escola
Guilherme Taucci Monteiro - 17 anos
Luis Henrique de Castro - 25 anos 

 


 

 

E-mail: contato@regionaldigital.com.br

REGIONAL DIGITAL 2019. Todos os Direitos Reservados.
REGIONAL DIGITAL
INFORMAÇÃO DE QUALIDADE!
Desenvolvedor: SITE OURO